Horizontal List

PM Rui Araujo
Investir no futuro de Timor-Leste
FUTURO
Timor-Leste acolheu a mais recente reunião trilateral da plataforma para o Desenvolvimento Económico Sub-Regional Integrado entre Timor-Leste, Indonésia e Austrália

Ai-han Timor Nian
Ramos-Horta
"Tantangan Timor Leste Makin Berat"
ECONOMIA
"..fo-hanoin ba ukun nain sira nebe tinan tinan truka hela deit ministrus, atu hare ba povu nia moris nebe "kuaze 50%" povu sei moris iha linha pobreza nia laran..."
Australia-Timor Leste
Notre Dame students experience the world and help those in need in Timor-Leste
Empresários - Timor Telecom
Empresários timorenses e fundo das Fiji na corrida pela Timor Telecom
Timor-Leste - BAII
Timor-Leste inicia processo de adesão ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas
Timor-Leste - Maluku
Maluku kaji kerja sama dengan Timor Leste

sexta-feira, 3 de abril de 2009

G20 avança com 1,1 biliões para a economia mundial

Gordon Brown confirmou em conferência de imprensa que o G20 decidiu avançar com um pacote de 1,1 biliões de dólares para tentar travar a recessão mais grave desde a Segunda Guerra Mundial.

Da Cimeira que juntou 20 líderes mundiais em Londres saiu também um acordo para reforçar a regulação no sistema financeiro, a origem da actual recessão económica.

"Este é o dia em que o mundo se uniu para combater a recessão. Não apenas com palavras, mas com um plano para recuperar e reformar a economia com prazos bem definidos", disse o primeiro-ministro britânico durante a conferência de imprensa que fechou a reunião das 20 maiores potências mundiais.

Uma das medidas destacadas por Gordon Brown é a criação de um pacote de 1,1 biliões de dólares (818 mil milhões de euros) que chegará à economia mundial através do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de outras instituições.

Com este plano e os pacotes de estímulo fiscal de cada país, o G20 conta injectar cinco biliões de dólares (3,71 biliões de euros) na economia até 2010.

Na mesma conferência, Brown disse esperar que a economia mundial possa recuperar antes das últimas previsões do FMI.

Para avaliar as medidas tomadas hoje em Londres, o G20 vai voltar a reunir ainda este ano.

Os mercados reagiram em alta a este anúncio. As bolsas europeias fecharam a ganhar mais de 4%, enquanto que Wall Street segue a subir mais de 3,5%.

Fonte:diario economico

Sem comentários: