Horizontal List

PM Rui Araujo
Investir no futuro de Timor-Leste
FUTURO
Timor-Leste acolheu a mais recente reunião trilateral da plataforma para o Desenvolvimento Económico Sub-Regional Integrado entre Timor-Leste, Indonésia e Austrália

Ai-han Timor Nian
Ramos-Horta
"Tantangan Timor Leste Makin Berat"
ECONOMIA
"..fo-hanoin ba ukun nain sira nebe tinan tinan truka hela deit ministrus, atu hare ba povu nia moris nebe "kuaze 50%" povu sei moris iha linha pobreza nia laran..."
Australia-Timor Leste
Notre Dame students experience the world and help those in need in Timor-Leste
Empresários - Timor Telecom
Empresários timorenses e fundo das Fiji na corrida pela Timor Telecom
Timor-Leste - BAII
Timor-Leste inicia processo de adesão ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas
Timor-Leste - Maluku
Maluku kaji kerja sama dengan Timor Leste

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Encontro do MNE timorense Jose Luis Guterres com Presidente Cavaco Silva

Timor-Leste disponível para ajudar empresas portuguesas na expansão para a Ásia - MNE timorense


LUSA

Economia, Negócios e Finanças

Timor-Leste disponível para ajudar empresas portuguesas na expansão para a Ásia - MNE timorense


http://www.impala.pt  // 13h35 // 17 Maio 2013


O ministro dos Negócios Estrangeiros timorense transmitiu hoje ao Presidente da República de Portugal, Cavaco Silva, a "disponibilidade completa" de Timor-Leste para ajudar as empresas privadas portuguesas a expandir-se para a Ásia.

Lisboa, 17 maio (Lusa

Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião com o chefe de Estado português, José Luís Guterres disse ter falado com Cavaco Silva da integração regional de Timor-Leste na ASEAN [associação de nações do sudeste asiático] e da "disponibilidade completa" do país para que o setor privado português - empresas grandes, médias "e mesmo pequenas" - possa contar com Timor-Leste "na sua expansão na Ásia". 

"A Ásia é uma economia dinâmica, que tem tido crescimento durante décadas", disse o chefe da diplomacia timorense, recordando que também Timor-Leste tem tido um crescimento médio de 10% nos últimos anos, o que lhe permite ter o plano de, em 2030, fazer parte dos países de rendimento médio-alto. 

Na reunião de hoje, o Presidente e José Luís Guterres lembraram a história das relações luso-timorenses, nomeadamente a solidariedade que o Governo e o povo portugueses manifestaram após o massacre de Santa Cruz, em 1992, quando Cavaco Silva era primeiro-ministro, disse o ministro. 

Manifestando satisfação por o chefe de Estado acompanhar de perto o desenvolvimento timorense, José Luís Guterres afirmou: "Sentimo-nos felizes e honrados por continuar a contar com o apoio fraterno e a profunda amizade de Portugal e do povo português para com Timor-Leste. 

Numa referência à sua viagem de trabalho a Portugal, que começou na quarta-feira e termina no sábado, o ministro disse que "o balanço é excelente". 

José Luís Guterres disse ter-se reunido com a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, com seu homólogo Paulo Portas e com os deputados da comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros. 

"Em todos os encontros, a amizade e a fraternidade continuam a existir como sempre existiram nos momentos mais difíceis de Timor-Leste. É uma grande alegria para nós", concluiu o governante, acompanhado da embaixadora timorense em Lisboa, Natália Carrascalão. 

FPA // MLL 


Sem comentários: