Horizontal List

PM Rui Araujo
Investir no futuro de Timor-Leste
FUTURO
Timor-Leste acolheu a mais recente reunião trilateral da plataforma para o Desenvolvimento Económico Sub-Regional Integrado entre Timor-Leste, Indonésia e Austrália

Ai-han Timor Nian
Ramos-Horta
"Tantangan Timor Leste Makin Berat"
ECONOMIA
"..fo-hanoin ba ukun nain sira nebe tinan tinan truka hela deit ministrus, atu hare ba povu nia moris nebe "kuaze 50%" povu sei moris iha linha pobreza nia laran..."
Australia-Timor Leste
Notre Dame students experience the world and help those in need in Timor-Leste
Empresários - Timor Telecom
Empresários timorenses e fundo das Fiji na corrida pela Timor Telecom
Timor-Leste - BAII
Timor-Leste inicia processo de adesão ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas
Timor-Leste - Maluku
Maluku kaji kerja sama dengan Timor Leste

sábado, 19 de julho de 2014

Timor-Leste: Relatório trimestral sobre o Fundo do Petróleo mostra resultados positivos

Díli - O relatório trimestral sobre o Fundo do Petróleo de Timor-Leste para o período que terminou a 31 de Março de 2014 diz que o saldo atingiu os 15,7 mil milhões de dólares (cerca de 12 mil milhões de euros). No início de 2013, o Fundo foi de 11,8 mil milhões de dólares (perto de 9 mil milhões de euros).

De acordo com a Lei do Fundo Petrolífero de 2005, este «deve contribuir para uma gestão sensata dos recursos petrolíferos, para o benefício das gerações actuais e futuras».

«A gestão de Timor-Leste do Fundo é reconhecida internacionalmente pela sua eficácia, alcançando uma pontuação de oito em dez para o 2.º trimestre de 2014, no Índice de Transparência do Instituto do Fundo Soberano», disse o gabinete do Conselho de Ministros.

«No último relatório do Índice de Governança de Recursos (2013), Timor-Leste está classificada em oitavo lugar em 58 países, no que diz respeito às suas práticas de comunicação, e 13.º lugar na classificação geral. Os relatórios trimestrais e anuais sobre o Fundo Petrolífero estão disponíveis no site do Banco Central de Timor-Leste».

Para permitir maiores retornos financeiros, enquanto limitar a exposição ao risco, a Lei do Fundo Petrolífero foi alterada em 2011 para permitir uma maior flexibilidade numa carteira de investimentos mais diversificada. A decisão de diversificar a carteira de investimentos para lá dos 90% de alocação para títulos do Tesouro dos Estados Unidos provou ser bem-sucedida, com o aumento da renda de investimento, que retornou para construir o fundo ao longo dos últimos três anos».

Em 2013 o Rendimento de Investimento Líquido gerado pelo Fundo somou 865 milhões de dólares. O porta-voz do V Governo Constitucional, o secretário de Estado Ágio Pereira, referiu que o «Fundo do Petróleo de Timor-Leste está a crescer bem e a gerar bons retornos que fortalecem a sua sustentabilidade».

A nossa estratégia de usar o Fundo Petrolífero para desenvolver os sectores críticos e apoiar a diversificação económica da nossa nação é positiva. Os melhores resultados serão alcançados quando todos os participantes deste processo fizerem a sua parte, que inclui o Governo gastar sabiamente, o sector privado exercer um trabalho de qualidade em tempo hábil e os alunos com bolsas de estudo terem bons resultados e investirem as suas habilidades para atingir um desenvolvimento saudável, seguro e próspero para Timor-Leste».

(c) PNN Portuguese News Network
2014-07

Sem comentários: